Super Transado
Se acontece, está aqui

Rodrigo Pica-Pau do grupo Loose Tanos fala sobre novo projeto e novidades para 2019

Janeiro 17, 2019
Autor / Fonte: Super Transado


 Rodrigo Pica-Pau do grupo Loose Tanos fala sobre novo projeto e novidades para 2019

Sucesso no YouTube, o Loose Tanos comemora vinte anos da sua formação com a mesma irreverência. As canções, que fazem parte do álbum homônimo, lançado em 1998 pela gravadora CID, estão nas plataformas digitais e ganharam clipes atuais.

Batemos um papo com o vocalista Rodrigo Pica-Pau, onde fala um pouco sobre o novo projeto e mais novidades para 2019, confira:

 

ST)- São mais de 20 anos de carreira, uma carreira de clássicos e sucessos, quais sãos os projetos do Loose Tanos nesta fase atual do grupo?

Rodrigo Pica-Pau - A gente ficou meio que igual Capitão América, nascemos no outro século, hibernamos no gelo e agora estamos de volta com a corda toda!
Loose Tanos planeja este ano lançar um single e video clipe por mês nas plataformas digitais, conquistar mais seguidores, alcançar maior visibilidade para nossa música e distribuir alegria.

 

ST)- Com muito bom humor, e irreverência, canções do álbum homônimo de 1998 voltaram as plataformas com direito a novos clipes, uma celebração aos 20 anos de carreira, como nasceu esta vontade de resgatar o material?

Rodrigo Pica-Pau - Sempre ficou aquele gostinho de quero mais, não tínhamos esgotado nossa criatividade antes, o que ocorreu foi uma dificuldade de divulgação na época.
E com as plataformas digitais, foi uma injeção de ânimo em todos. Víamos youtubers fazendo paródias engraçadas de músicas e pensamos: "Caramba! Temos um projeto autoral engavetado e que muitos pedem para compartilhar na web". Por que não? E o material "antigo" era virgem. Então borá atualizar através dos clipes, compartilhar, fazer um barulho enquanto produzimos o novo trabalho. E assim retornamos, para alegrar, trazer uma pitada de irreverência e zoação! Nossa vibe é trazer aquele momento de descontração!

 

ST)- Nas faixas “Buraco da Fechadura” e “Mulher Feia” vieram com clipes em animações, encaixando muito bem com humor das letras, e em pouco tempo vemos um alcance bem expressivo, acreditam que neste formato a música seja disseminada também, a um novo público?

Rodrigo Pica-Pau - Sim claro!!! As músicas alegres atingem um público que está a fim de se divertir e zoar, por outro lado, o formato em animação alcança uma turma que gosta de desenho e que não tem uma banda que fale a linguagem deles.


ST)-  Para 2019, novas canções, sete faixas já estão prontas, o que podemos esperar deste novo material?

Rodrigo Pica-Pau – (risos) a gente ri sozinho! Pois a gente fala de coisas do cotidiano que são engraçadas, do tipo aquela "mina que é top", do cara que tenta roubar o wi-fi do vizinho, do cara apaixonado por uma mulher que não liga para ele, do namorado que percebeu que a lista de exigências de sua gata era imensa, da mulher que manda no marido..... (risos) assunto é que não falta!


ST)- Tem projeção de um disco físico, ou o foco é dar sequências as plataformas digitais?

Rodrigo Pica-Pau - Disco físico a princípio não. Apenas conteúdo pela web.


ST)- E pelo estado do RS, podemos aguardar a passagem do grupo? ... Esperamos que sim!

Rodrigo Pica-Pau - Estamos com nossa agenda para shows aberta a partir de março. Mas ainda não houve convites para o Sul. Sei que a música "mulher feia" tem tocado pelos estados do Sul e isso já nos alegra.
Quando chegarmos aí vai ser uma alegria só! Amo o Sul do Brasil.


Mais Fotos